Coube à Associação dos Deficientes das Forças Armadas, Delegação de Évora (ADFA), em colaboração com a Federação Portuguesa de Orientação (FPO) e com o apoio da Câmara Municipal de Palmela a responsabilidade de organizar os Campeonatos Nacionais de Distância Longa e Sprint a contar para a Taça de Portugal Vitális de Orientação Pedestre e a prova de Pré’O’ a contar para a Taça Invacare de Orientação de Precisão.

O local escolhido pela ADFA foram terrenos do município de Palmela, com o Campeonato Nacional de Distância Longa (CNDL) a ter lugar na Marateca, a prova de Pré’O’ em Vale de Barris e o Campeonato Nacional de Sprint (CNS) na Vila de Palmela.

Os campeonatos Nacionais, que decorreram nos dias 14 e 15 de maio, visitaram os terrenos onde, em maio de 2014, se realizaram os Campeonatos Europeus de Orientação Pedestre EOC Tour.

Os melhores atletas, do escalão elite do Ranking da Taça de Portugal, estiveram presentes nestes Campeonatos, bem como os dos vários escalões que abrangem atletas dos 10 aos 75 anos de idade, perfazerem 500 atletas, um número bonito de participação, em disputa dos respectivos títulos individuais e por equipas.

A etapa de CNDL desenrolou-se na Marateca, onde as condições atmosféricas colaboraram com os atletas e com a organização, com uma manhã amena, desfrutando os participantes de um mapa desafiante onde cada um teve que gerir o seu esforço, escolher as melhores opções, para conseguir o melhor tempo no seu percurso.

Palmela

A festa da Orientação continuou pela tarde adentro, em Vale de Barris, com a Orientação de Precisão, naquele que foi o “I Pré’O’ Invacare de Vale de Barris”.

Esta prova foi composta por um percurso formal com cerco de 1,3 Km de extensão com 20 pontos de controlo, planeados em 18 pontos de decisão, sendo 3 pontos de controlo de formato A, traçado de percurso de nível Elite ou seja, em todos os controlos, há possibilidade de resposta Zero, com um tempo máximo de prova 100 minutos. Antecedia esta prova uma estação com Ponto Cronometrado com 6 balizas no terreno e 3 desafios.

Nesta prova participaram atletas da classe Aberta e Paralímpicos.

Regressando à Orientação Pedestre e já no domingo, dia 15 de maio, na bela Vila de Palmela foi o palco escolhido para o campeonato Nacional de Sprint. Sendo uma vila onde se ergue um castelo com arruamentos bem definidos, caminhos que constituem autênticos labirintos o que contribuiu para que o mapa oferecesse dificuldades na navegação e onde a rapidez das decisões contribuíam para um melhor desempenho, foram estes os desideratos que aos atletas foi proposto para alcançarem os títulos em disputa.

Palmela 3

A ADFA agradece a presença de todos os participantes, esperando que os desafios apresentados tenham sido do agrado de todos

Palmela 4